" " BLOG DA TATI KLI: A modelo Freja Beha Erichsen

terça-feira, 2 de agosto de 2011

A modelo Freja Beha Erichsen





Freja. Esse é o nome dessa modelo dinamarquesa de 23 anos que está atropelando suas concorrentes na selva que é a moda. Nesse mundo dog-eat-dog, Freja dispara em vantagem; é uma modelo completa, e explico o porquê. Pra uma modelo ser bem-sucedida – e quando digo isso quero dizer ter uma carreira sólida, duradoura e cheia de parcerias importantes – ela precisa ser completa. Não basta ser bonita, ou magra, ou alta. É necessário um kit de qualidades que divido em 3 categorias: técnica, corporal e pessoal.

Na minha opinião, essas qualidades são as seguintes:
técnicas – fotogenia, consciência corporal, e versatilidade
corporais – mantenência de peso baixo, cabelo e pele saudáveis
pessoais – habilidades sociais e de relacionamento, interesse, bom humor, ousadia e atitude.

E tudo isso Freja tem de sobra pra provar que veio pra ficar. Eu me lembro quando cheguei em Milão pra modelar há 10 anos e, no primeiro casting, dei de cara com umas 200 modelos. Todas as 200 eram lindas, magras e altas. E eu pensei na hora: “Putz! Como vou conseguir me destacar dentre todas essas meninas? O que vai me fazer pegar o trabalho? Qual é o meu diferencial?” E sim, a modelo precisa ter esse it que vai fazê-la ser escolhida dentre tantas outras. E esse it pode ser a sua educação, o seu bom humor, o seu olhar. Kate Moss está na parada há 25 anos. Gisele Bundchen, há 15. Isabelli, por aí também. E isso não é à toa. É preciso ter uma mala bem cheia de qualidades pra conseguir uma bela carreira. E vocês devem estar se perguntando: “E a sorte, Lelê”? A sorte, na moda, é o que menos importa quando tratamos dessa complexidade de que lhes falei. Nessa selva que é o mundo da moda, o princípio darwiniano se aplica radicalmente: só os melhores sobrevivem.

Meninas, dêem uma olhada nessas fotos de trabalho da Freja, e notem a sua versatilidade de rosto, de olhar, de atitude. É impressionante. E por fim, uma foto da Freja real, da vida real, uma menina meio punk meio grunge, que sabe dançar conforme a música.

Vão, sempre lindas.

Bjo, Lelê Paes de Barros.








Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...